Ronda Rousey ameaça deixar a WWE caso contratem Cyborg, diz site

Segundo site inglês, ex-campeã do UFC não continuará na organização se a brasileira for contratada

 

Relacionadas

Ronda Rousey deixou o UFC e assinou com a WWE em abril de 2018. Há um ano na organização de telecatch, a norte-americana é uma das estrelas da franquia e conquistou o título de campeã do WWE Women's Championship. Porém, o tempo de 'Rowdy' nos ringues pode ser encurtado por uma antiga rivalidade do MMA.  

   

Segundo o site inglês The Sun, a ex-campeã do UFC ameaçou deixar a WWE caso a organização contrate Cris Cyborg. Ainda de acordo com a nota, a promoção estaria interessada em assinar com a brasileira, que não se dá bem com Rousey há tempos. Por isso, a lutadora deixaria de cumprir seu contrato com a empresa, que vai até 2021.  

O flerte entre a WWE e Cyborg é antigo, tanto que a brasileira propôs ir para a organização para finalmente encarar Ronda. Os rumores da chegada de Cris ganharam força, pois o vínculo com o UFC está chegando ao fim e seu futuro é incerto.  

Rousey perdeu o cinturão dos galos (até 61,2 kg.) em 2015, quando foi derrotada por Holly Holm. Em 2016, Ronda tentou recuperar o título em duelo contra Amanda Nunes, mas foi novamente derrotada. Após as duas derrotas na carreira, a norte-americana deixou o Ultimate.  

Por sua vez, Cyborg reinou no peso pena (até 65,7 kg.) por diversas organizações de MMA. Ela chegou ao UFC, em 2016, e emplacou cinco vitórias consecutivas. Porém, a surpreendente derrota para a compatriota Amanda Nunes, no UFC 232, em dezembro, tirou seu posto de rainha da divisão.

MAIS SOBRE:

UFC [Ultimate Fighting Championship]Cris CyborgMMA [artes marciais mistas]Ronda Rousey
Comentários