Ronda Rousey faz história e é a primeira mulher no Hall da Fama do UFC

Cerimônia acontecerá durante dia 5 de julho, durante a International Fight Week

 Ronda entrou para o Hall da Fama do UFC. Foto: Reprodução / Twitter UFCSem subir no octógono desde 2016 e com contrato na WWE - liga de telecatch dos EUA - Ronda Rousey entrou para o hall de imortais do Ultimate. A ex-campeã foi anunciada durante o UFC 225, neste sábado (09), como a nova integrante do Hall da Fama do evento. A cerimônia acontecerá durante dia 5 de julho, durante a International Fight Week, em Las Vegas.

Relacionadas

+ Top 5: os principais motivos para assistir o UFC 225 neste sábado

+ Rafael dos Anjos bate boca com Covington na pesagem: 'ele só fala muito'

+ Dos Anjos e Covington confirmam luta, mas Romero fica acima do peso

"É uma honra imensa, não apenas participar levando as mulheres à vanguarda desse esporte, mas agora no Hall da Fama do UFC. Posso ser a primeira de muitas",  disse a lutadora no comunicado do Ultimate.

Com o feito, Ronda se torna como a primeira mulher a entrar na 'Galeria de Imortais' do Ultimate. Ela também foi a primeira campeã do show ao derrotar Liz Carmouche no UFC 157, em 2013. A loira reinou no octógono até o UFC 193, em 2015, quando foi surpreendida por Holly Holm e perdeu o título. Na sequência, ela foi nocauteada por Amanda Nunes, no UFC 2017, em dezembro de 2016, e nunca mais subiu no octógono. Ela pendura as luvas - mesmo que ainda não oficialmente - com um histórico de 12 vitórias e apenas duas derrotas.

MAIS SOBRE:

LutasLas Vegas [Estados Unidos]UFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários