Sean O'Malley recebe suspensão por caso de doping e perde luta no UFC

O lutador peso galo teve a pena reduzida, pois cooperou e aceitou a responsabilidade de ter falhado no teste realizado pela usada

 S. O'Malley pode retornar no dia 6 de março de 2019. Foto: Reprodução/Instagram @sugaseanmmaSean O'Malley foi flagrado no exame da Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA) as vésperas do UFC 229 no dia 6 de outubro. Sendo assi, seu confronto com Jose Quiñonez pelos pesos galos foi cancelado. Na quarta-feira (14), a Comissão Atlética de Nevada decidiu aplicar uma suspensão de seis meses ao lutador de 24 anos.

Relacionadas

O'Malley recebeu uma suspensão reduzida, pois cooperou e aceitou a responsabilidade de ter falhado no teste realizado pela usada. O peso galo também terá de pagar pelos honorários legais.

A pena é retroativa e O'Malley será liberado para retornar ao octógono no dia 6 de março de 2019. No entanto, Sean ainda pode enfrentar uma suspensão máxima de dois anos da USADA.

O lutador peso galo divulgou que estava sob investigação da Agência Antidoping dos Estados Unidos no dia 30 de setembro. Por meio de suas redes sociais, O'Malley revelou que havia falhado no teste antidoping. Na ocasião, ele afirmou que a substância proibida flagrada no exames seria de um suplemento contaminado.

Uma das revelações do Ultimate, o lutador está invicto na carreira. Até o momento, o norte-americano acumulou 10 triunfos em seu cartel. Três vitórias foram sobre Alfred Khashakyan, Terrion Ware e Andre Soukhamthath pelo UFC.

 

MAIS SOBRE:

LutasUFC [Ultimate Fighting Championship]dopingSean O'Malley
Comentários