Suspenso pela USADA, Fabrício Werdum fará superluta no México

Mesmo afastado do UFC devido ao exame antidoping, gaúcho enfrenta Gordon Ryan no Combat Jiu-Jitsu

 F. Werdum (esq.) e G. Ryan (dir.) se enfrentam em fevereiro de 2019. Foto: Reprodução/Facebook fabriciowerdum

Relacionadas

Sem poder atuar no UFC até maio de 2020, Fabrício Werdum voltou às origens e está competindo novamente em campeonatos de jiu-jitsu. O brasileiro foi convocado para encarar Gordon Ryan no Combat Jiu-Jitsu, em Monterrey, no México. A superluta vai ocorrer pelos pesos pesados no dia 22 de fevereiro de 2019.

Em sua primeira luta após ser suspenso pela Agência de Antidoping dos Estados Unidos (USADA), Werdum enfrentou contra Lucas Hulk no campeonato Spyder BJJ Invitational. O duelo no dia 3 de novembro, na Coreia do Sul terminou com um empate. O gaucho é bicampeão mundial de jiu-jitsu na faixa-preta e bicampeão mundial do ADCC, clube de treino fundado em 1998.

Gordon Ryan é um dos especialistas em competições sem kimono. Ele é campeão do ADCC, tricampeão do Pan e outros títulos.

 
 

   

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

   

#combatjiujitsu @gordonlovesjiujitsu @werdum also @vinnymma is in the 4 man super bracket #ohshit  

Uma publicação compartilhada por Eddie Bravo (@eddiebravo10p) em

 

 

MAIS SOBRE:

LutasUFC [Ultimate Fighting Championship]Fabrício Werdum
Comentários