UFC x Bellator? Cris Cyborg sonha em revanche contra Amanda Nunes

Brasileira quer recuperar cinturão das penas, perdido em dezembro do ano passado, quando foi nocauteada pela baiana

 Cyborg (Esq.) encara Amanda (dir.). Foto: Reprodução / YouTube @ufc

Relacionadas

Mesmo liberada pelo Ultimate e assinando um contrato financeiramente favorável com o Bellator, Cris Cyborg parece não ter engolido sua derrota para Amanda Nunes em dezembro do ano passado, no UFC 232. O revés para a compatriota resultou na perda de seu título das penas (até 65,7kg.) e na quebra de uma sequência de vitórias que durava 10 lutas. Em entrevista ao TMZ, a curitibana sugeriu um encontro entre as campeãs das duas empresas concorrentes, pela unificação do cinturão das penas. O plano, segundo a brasileira, já foi conversado com seu atual patrão, Scott Coker.

"Antes de assinar com o Bellator, a primeira coisa que perguntei ao Scott (Coker) foi sobre a possibilidade de enfrentá-la (com uma no Bellator e outra no Ultimate. Algo similar ao que ele faz com o Rizin, com seus campeões lutando no Japão", disse Cyborg.

Segundo Cyborg, a "permuta" seria na intenção de realizar a tão aguardada revanche contra Nunes. A não realização do confronto foi um dos pivôs para que o contrato da curitibana com o UFC não fosse renovado. Na ocasião, a brasileira acusou o presidente Dana White de ter mentido quando disse que a atleta negou o combate em uma primeira oportunidade.

Cyborg, que nunca teve uma relação amigável com o mandatário do Ultimate, então, deu entrevistas e usou as redes sociais para tentar esclarecer que o que o chefão dizia não era condizente com a verdade. Segundo a brasileira, a revanche foi solicitada momentos após ter sido batido pela baiana, ainda em dezembro do ano passado.

Agora de "casa nova", Cyborg mostrou que o interesse em encarar Nunes permanece vivo e intacto. Segundo ela, o duelo poderia ser marcado em um contrato de apenas uma apresentação entre ambas, no qual a vencedora ficaria com dois cinturões (caso as duas estejam na condição de campeãs) nas respectivas organizações.

"Seria um contrato de uma luta: Cris Cyborg x Amanda Nunes. Espero que essa luta aconteça com ela, como campeã do UFC, e comigo sendo a campeã do Bellator. Scott disse que é possível fazer isso. Então, Dana White tem apenas que ligar para o Scott e fazer isso acontecer. Acho que todo mundo gostaria de assistir essa revanche", finalizou a lutadora.

A curitibana oficializou seu contrato com o Bellator em setembro. Pouco tempo após a confirmação, o presidente da empresa garantiu que a brasileira atuaria pelo cinturão logo em seu primeiro compromisso. A estreia de Cris foi marcada para 25 de janeiro, quando irá tentar o cinturão da atual campeã, Julia Budd, na Califórnia (EUA).

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Cris CyborgAmanda NunesBellator
Comentários