Veterano detona dopados do UFC: 'Não assinei para pegar macacos bombados'

Mark Hunt relata que seus últimos adversários foram flagrados em exames

Relacionadas

Com 43 anos de idade e 70 lutas profissionais na carreira, Mark Hunt é um dos atletas mais experientes do UFC na atualidade. Para ele, que volta ao octógono no mês de junho, para enfrentar Derrick Lewis, é hora da organização do evento rever alguns conceitos com relação a doping. Sua revolta é tão grande, que ele até mesmo trava uma batalha judicial contra o UFC, alegando que o show não garante a segurança dos competidores com o seu atual sistema. 

"A razão para eu processar o UFC foi que era a terceira luta seguida, e teria o quarto na sequência. Muita gente diz: 'Mark, mas você sabia onde estava se metendo'. Besteira, eu não assinei para enfrentar nenhum macaco bombado", disse ele, em podcast do site My MMA News, detalhando o que foi feito com ele nos últimos tempos. "Sinto como se eu tivesse sido trapaceado. Lutei com o Pezão, lutei com o Frank Mir e ele também foi pego. Me pediram por uma luta com o Josh Barnett em Melbourne e eu disse não porque ele é um trapaceiro safado. Dois dias depois ele foi pego usando esteroides", completou.

MAIS SOBRE:

LutasUFCLuiz Fernando de SouzaMelbourneLutaMMA
Comentários