Vídeo: BJ Penn, ex-campeão do UFC, sofre nocaute em briga de bar no Havaí

Lutador aparece em imagens em discussão com civil e acaba indo ao chão após um golpe certeiro

Relacionadas

O ex-campeão dos leves (até 70,3kg.) e meio-médios (até 77kg.) do UFC, BJ Penn foi protagonista de uma nova confusão fora do octógono. O atleta foi flagrado em uma discussão de bar, ocorrida nesta semana, no Havaí, em que, após uma série provocações, resultou em um nocaute sofrido pelo veterano do MMA. O vídeo foi divulgado pelo ‘TMZ Sports’. Após o incidente, o advogado de Penn fez uma declaração para o canal ‘KHON2’ a respeito da confusão.

“Ao encontrarmos amigos para um show no Lava Shack (bar), trocamos palavras entre B.J. e o conhecido.  A partir de relatos de testemunhas, B.J. tentou várias vezes acalmar a situação, mas foi atingido repetidamente e atirado ao chão, como visto no vídeo.  Quando ele se levantou, ficou desorientado, mas percebeu a gravidade da situação e da ameaça, e sentiu a necessidade de se defender.  Estamos gratos que nem B.J. nem o conhecido ficaram gravemente feridos”, disse o advogado.

O que se pode notar nas imagens é que o havaiano pede para ser socado pelo outro envolvido. Penn chega a ser tocado por alguns socos, no entanto, quando um golpe de esquerda toca com potência no queixo do lutador, ele vai ao chão, apaga, mas se levanta rapidamente, quando é contido por pessoas próximas.

Em um novo vídeo que está circulando, BJ aparece montado nas costas de quem aparenta ser o mesmo homem que o aplica o nocaute. Na ocasião, o indivíduo está deitado de costas para o chão, enquanto o lutador aplica golpes na cabeça do civil. Há dúvidas sobre qual das ocorrências aconteceu primeiro.

Reincidente

Essa não é a primeira vez em que BJ protagoniza cenas de confusões fora do espaço apropriado para realizar combates. Em junho deste ano, o ‘TMZ Sports’ teve acesso a imagens em que o ex-fenômeno do UFC é registrado agredindo um homem do lado de fora de uma boate de strip. Na ocasião, pessoas próximas ao lutador o aconselham a deixar a confusão e ir embora. Penn, no entanto, insiste no confronto.

No início do ano, a mãe dos filhos de BJ conseguiu uma ordem de restrição contra o atleta. O pedido vem seguido de acusações de e abuso sexual, verbal e psicológico contra o atleta.

Fim da carreira

Penn não vem tendo um fim de carreira de se orgulhar, como acontece na vida de muitos ex-lutadores. Amigo de longa data de Dana White, presidente do UFC, BJ permanece sendo escalado para combates, mas saiu derrotado em seus últimos sete compromissos em sequência. Seu último compromisso ocorreu no UFC 237, no Rio de Janeiro, quando o veterano foi batido por Clay Guida na decisão unânime dos juízes.

O último triunfo do havaiano aconteceu em novembro de 2010, há quase nove anos, em que o atleta bateu Matt Hughes por nocaute, no UFC123.

Aposentadoria

Recentemente, Dana confirmou que Penn fará mais um combate pela entidade e assegurou aos fãs e jornalistas que será, de fato, a última vez em que BJ será visto calçando as luvas do UFC. Segundo o mandatário, o havaiano listou diversos argumentos para a necessidade que esse combate aconteça e o ‘chefão’ aceitou, sob a promessa de que seria a apresentação final pela empresa.

Penn tem um acordo verbal para enfrentar Nik Lentz, que vem de derrota para Charles do Bronx. A data e local ainda não foram confirmados. Aos 40 anos, BJ soma 31 lutas, com 16 vitórias, 13 derrotas e dois empates na carreira.

Veja o nocaute sofrido por Penn

Veja outro momento da confusão

Vídeo de outra briga, divulgada em junho

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Dana Whiteagressão física
Comentários