Menino de 8 anos tem síndrome rara e compete em triatlos na Europa

Jake Vella adotou o esporte como meio de vida para se manter saudável e fazer amigos

Relacionadas

O pequeno Jake Vella, de 8 anos, sofre de uma síndrome rara no hipotálamo (órgão ligado ao cérebro e responsável pela secreção e regulação de hormônios no corpo) que provoca obseidade incurável, e que acomete apenas 75 pessoas no mundo. Mas isso não o impede de ser atleta e competir em triatlos na ilha de Malta (sul da Europal), onde vive. O garoto adotou o esporte para se manter saudável e também na tentativa de conter o avanço da doença.

"Triatlos ajudam Jake a ficar ativo e em forma", diz a mãe do garoto, Maruska Vella. "É bom para a saúde dele e lhe dá chance de socializar com outras crianças" - segundo a mãe, o menino considera os demais atletas sua segunda família.

Jake treina com a Associação de Triatlo Jovem de Malta três vezes por semana e em condições especiais, já que sua temperatura corporal e seus batimentos cardíacos têm um limite para aumentar durante o exercício físico. O relato é do portal do jornal Extra.

O menino sonha em conhecer os irmãos britânicos Jonny e Alistair Brownlee, bicampeões olímpicos da modalidade, mas por causa da síndrome, não pode realizar longas viagens.

"Jake é muito positivo, motivado, dedicado. Nunca perde um treino. Ele rouba o coração de quem o conhece", ressalta Matt Azzopardi, treinador de Jake, para quem o garoto é uma "inspiração".

Assista a um vídeo de Jake treinando e competindo:

 

MAIS SOBRE:

triatloTriatlo
Comentários