Promessa brasileira apadrinhada por Filipinho usa surfe como terapia

Mateus Lima, de 16 anos, busca o título do Pro Júnior 18 no próximo sábado

Relacionadas

Uma das jovens promessas do surfe brasileiro, Mateus Lima, de 16 anos, passou por uma fase difícil em sua vida este ano e chegou a ser internado para tratamento de depressão e crises de pânico. Buscando recuperação, o garoto ganhou o apoio de Filipe Toledo, um dos grandes nomes do País na modalidade, e hoje busca o título do Pro Júnior 18.

Mateus faz sua estreia na disputa do Pulse Pro Júnior 18 no próximo sábado, em Peruíbe, litoral sul de São Paulo. Ainda em tratamento, ele viu no surfe justamente a força que precisava para superar seus problemas. "Nesse tempo parado, a minha maior preocupação era tratar da minha saúde mental para poder surfar com alegria. Foi o momento mais difícil da minha vida e tive apoio dos meus verdadeiros amigos e, principalmente, do meu patrocinador, que se fez presente e se dispôs me ajudar em que fosse preciso", comenta o surfista.

"Essa volta às competições significa muito mais do que somente competir e sim, comparado a Fênix, que renasce das cinzas, eu nunca desistirei do meu sonho, por mais obstáculos que surjam no meio do caminho", completa Mateus. 

A competição Pulse Pro Júnior 18 vai definir o campeão brasileiro pro júnior para atletas com até 20 anos de idade. Os competidores vão dividir a premiação de R$ 15 mil, com R$ 4 mil ao campeão. Além do masculino, o evento contará com uma disputa feminina, sem valer pontos para o ranking e a vencedora levando R$ 400,00.

 

 

MAIS SOBRE:

RadicaisFilipe ToledosurfeMateus Lima
Comentários