Um mês após sofrer queda de 4m, skatista de 11 anos se diz empolgada para voltar

Segundo pai de Sky Brown, garota britânica teve sorte de sobreviver à queda em half-pipe

Relacionadas

Sky Brown, skatista anglo-japonesa de 11 anos, sofreu uma queda assustadora no dia 1º de junho, quando caiu de uma altura de quatro metros enquanto treinava no half-pipe de Tony Hawk. Na ocasião, ela deixou o skate escapar do pé e caiu no vão entre uma parede e outra. Um mês depois, a garota já se diz empolgada para voltar a praticar o esporte.

"Hoje faz um mês desde meu acidente. Estou me sentindo ótima e empolgada para voltar ao skate", escreveu Brown na legenda de uma postagem nas redes sociais, junto com fotos das manobras que executava no half-pipe de Tony Hawk, o mesmo onde sofreu a queda.

"Hoje é também o último dia para o torneio de melhor manobra do Tony Hawk. Estou empolgada de postar isso porque essa foi uma das minhas últimas sessões antes de cair. Por favor, vote em mim", pediu aos seguidores.

Na ocasião da queda, o pai de Brown afirmou que a filha teve sorte de sobreviver ao acidente. Segundo ele, teve que segurar a filha ensanguentada no colo enquanto esperavam a chegada do resgate. A menina foi levada ao hospital, operada e teve alta pouco depois. Desde então, a skatista tem se recuperado em casa.

Brown é uma das promessas de medalha para a Inglaterra na Olimpíada de Tóquio, onde o skate estreará nos Jogos. A menina de 11 anos é a número 3 do ranking olímpico da modalidade park.

MAIS SOBRE:

skateSky Brown
Comentários