Vídeo flagra 'ataque' de tubarão branco em palco de etapa do mundial de surfe

Costa da Califórnia está sofrendo com o aumento no número de predadores nos últimos tempos

Relacionadas

Depois de um tubarão branco supostamente atacar Mick Fanning durante a etapa da África do Sul de surfe, em 2015, a preocupação com a segurança dos atletas aumentou muito. A situação fica ainda mais tensa graças a imagens captadas durante essa semana em Trestles, na Califórnia, onde acontece uma das etapas do Mundial de surfe. No vídeo, feito pelas câmeras da "Surfline", um tubarão branco aparece dando um salto em uma área bastante perto de onde alguns surfistas estão treinando.

A presença de grandes tubarões vem preocupando os habitantes da região nos últimos dias. No último sábado, Leeanne Ericson nadava no mar enquanto o seu namorado surfava em Church. Em um momento de distração, teve a sua perna direita mordida por um tubarão. Ela foi encaminhada para a unidade de tratamento intensivo de um hospital da região e permanece em estado crítico. No dia seguinte, outra câmera da "Surfline" registrou três surfistas ao norte de Uppers nadando para a arrebentação depois de terem visto algo que parecia um tubarão. Poucas horas depois, mais ao norte, em Capo Beach, um operador de drone, Matt Larmand, filmou três grandes predadores nadando.

Não se sabe o motivo para os predadores estarem aparecendo com tanta frequência no local, mas segundo especialistas, além da temperatura da água ser atraente, os animais se aproximam da costa por causa do grande número de leões marinhos na região.

Trestles, que recebe a etapa do Mundial no mês de setembro, é um dos grandes locais de surfe nos Estados Unidos. O "pico" costuma ser muito utilizado para treinos. Filipe Toledo, um dos brasileiros mais bem ranqueados na elite do surfe, mora em San Clemente e costuma pegar ondas no local em seus dias de folga.

MAIS SOBRE:

Surfe Mick Fanning África do Sul Filipe Toledo Califórnia Estados Unidos Surfe Tubarão
Comentários