Vídeo: tubarão branco paralisa evento de surfe na África do Sul

Filipinho faturou a etapa em Jeffreys Bay e assumiu a liderança do mundial de surfe

Assim como já havia ocorrido na última segunda-feira, a aparição de tubarões chegou a interromper as disputas do Circuito Mundial de Surfe desta quinta-feira, em Jeffreys Bay, na África do Sul. A etapa que terminou com vitória do brasileiro Filipe Toledo, começou quase três horas depois do horário inicialmente previsto por causa da ausência de boas ondas e a organização ainda precisou paralisar a competição porque os tubarões começaram a circular pelo local. 

+ Skatista Pedro Barros surfa como profissional e dá até aéreo em vídeo; veja

+ Nazaré tem ondas gigantes em dia épico em Portugal; veja imagens

+ Maya Gabeira surfa onda gigante em Nazaré e busca entrar no Guinness Book

Vale lembrar que há três anos, também em Jeffreys Bay, o australiano Mick Fanning chegou a ser vítima de um ataque de tubarão, mas escapou ileso do grande susto. E depois que um destes temidos animais deixou a área de disputa da etapa nesta quinta-feira, Filipinho triunfou superando Medina e, logo na bateria seguinte das quartas de final, garantiu a sua subida para a liderança do ranking mundial com a vitória de Jordy Smith sobre Julian Wilson, que ocupava o topo até ser eliminado.

 

Ao ser o maior vencedor desta quinta-feira, o brasileiro também comemorou um bicampeonato em Jeffreys Bay, pois ele já havia sido campeão desta etapa em 2017. E essa final na África do Sul foi uma reedição da decisão em Saquarema, onde Filipinho também levou a melhor sobre Jordy Smith para ficar com o título neste ano.

 

MAIS SOBRE:

Surfesurfetubarão
Comentários