Ex-número 1 do mundo, tenista Arantxa Sánchez perde troféus em divórcio

Ex-marido da tricampeã de Roland Garros administra seus bens e pode ficar sem parte deles no processo

É assunto de destaque nos jornais espanhóis, neste domingo, a separação da ex-tenista tricampeã de Roland Garros (e ex-número 1 do mundo), Arantxa Sánchez, do empresário Josep Santacana, depois do casamento de 11 anos. O que chama a atenção no processo, de acordo com a imprensa local, é que Arantxa pode perder muito dinheiro e boa parte de seus bens, inclusive troféus.

Tudo ocorre porque o agora ex-marido da ex-tenista é o responsável por administrar os bens conquistados ao longo da carreira, incluindo o dinheiro e os troféus conquistados em 1989, 1994 e 1998, quando a espanhola sagrou-se campeã em Roland Garros. Foi ela mesma que nomeou Josep como o controlador da empresa aberta para cuidar de sua carreira.

Tenista David Goffin tenta voleio e acerta bolada no próprio olho; veja

TVs não se interessam e tenista vai transmitir partidas pelo Facebook

Revista norte-americana 'Tennis' elege Guga o 21º maior tenista da Era Aberta

De acordo com o jornal El Mundo, Josep, inclusive, "já teria levado muitos bens e os troféus, deixando a ex-tenista na ruína mais absoluta". A publicação informa que Arantxa vive, atualmente, como diretora esportiva de um colégio, o Metropolitan School, em Miami, Estados Unidos, e de colaborações para canais de TV".

A maior parte da fortuna acumulada pela tenista está aplicada foram da Espanha, mas Arantxa teria dívidas com o fisco espanhol que chegariam a 2 milhões de euros.

Não bastasse isso, o ex-marido ainda deve pedir a guarda dos dois filhos do casal, alegando que Arantxa "não tem condições psicológicas" de cuidar deles, segundo a imprensa espanhola.

Arantxa Sánchez acusou, no passado, a própria família de ter se apoderado da maior parte do dinheiro que conquistou em sua carreira, tendo acusado o pai e o irmão de "sumirem" com 45 milhões de euros, tendo inclusive publicado um livro sobre o assunto. O fato fez com que ela passasse por uma situção desagradável - a ex-atleta foi expulsa pelos familiares do velório do próprio pai, em 2016.

MAIS SOBRE:

tênisRoland Garros [tênis]tênis
Comentários