Federer faz surpresa para fã enfermeira e agradece por luta contra covid-19

Além do tenista, ex-jogador de futebol americano Eli Manning também apareceu para falar com Christianne Calderón durante entrevista

Relacionadas

O tenista Roger Federer e o ex-jogador de futebol americano Eli Manning fizeram uma surpresa especial de dia das mães para Christianne Calderón, uma enfermeira da cidade de Nova York que está na linha de frente da luta contra o coronavírus. Grande fã de esportes, Calderón dava entrevista à ESPN norte-americana quando teve o oportunidade de ouvir mensagens de dois de seus ídolos.

Enfermeira da UTI do Hospital Presbiteriano de Nova York, Calderón disse que leva um pouco da mentalidade dos esportes para o trabalho que realiza. "Eu não quero perder. E, no cenário dessa pandemia, vencer é quando o paciente consegue sair da UTI. Isso é uma vitória. Ou tirar o tubo fora do ventilador, isso é uma vitória. E porque eu sempre quero vencer, eu celebro cada pequena mudança que são mudanças positivas, eu chamo isso de vitória", relatou Calderón.

Pouco depois, a enfermeira teve a chance de ouvir as palavras de Federer. "As pessoas pensa que nós, os atletas, somos super-heróis. Mas nós pensamos o mesmo de alguém como você, Christianne. Você é a heroína porque você realmente salva vidas. Você realmente faz a diferença", elogiou o tenista suíço.

Calderón agradeceu a Federer pela mensagem e exaltou a humildade do tenista que venceu mais grand slams na história, para na sequência ser surpreendida com a mensagem de Eli Manning.

"Eu gostaria de estar entre os primeiros a te desejar um feliz dia das mães. E também um obrigado sincero por estar na linha de frente, pelo seu trabalho, pelo seu comprometimento, seu altruísmo. E acho que isso descreve o que um herói é", comentou o ex-quarterback do New York Giants, para a felicidade de Calderón.

MAIS SOBRE:

tênisfutebol americanoRoger FedererEli Manningcoronavírus
Comentários