Rafael Nadal se diz cansado de debate por premiações iguais no tênis

'Apoiamos as mulheres mais do que qualquer outro esporte no mundo', afirma o tenista espanhol

Relacionadas

Rafael Nadal deu sua opinião sobre uma questão polêmica no tênis: quantos sets deveriam durar uma partida, o que acabou levando a uma discussão sobre a igualdade de pagamentos no esportes. Recentemente, a tenista russa Victoria Azarenka defendeu que os homens deveriam jogar no máximo três sets, assim como as mulheres.

"Por que ela quer que joguemos melhor de três? Estamos felizes jogando em melhor de cinco", falou o tenista espanhol, maior campeão de Roland Garros. A sugestão de Azarenka foi em resposta a um internauta que afirmou que mulheres não devem ganhar mais porque jogam menos sets que os homens.

"Não importa o prêmio em dinheiro, ou premiação igual em dinheiro ou não, esse não o nosso debate. É interessante que vocês estão sempre debatendo sobre premiação igual no tênis quando nós somos provavelmente o único esporte do mundo em que a maioria dos eventos tem premiação em dinheiro quase igual", prosseguiu Nadal.

"Então, eu não sei porque vocês não debatem sobre futebol, basquete, sobre todos os outros esportes importante em que as mulheres estão quilômetros distantes dos homens. Vocês sempre debatem aqui, no nosso esporte, quando nós apoiamos as mulheres mais do que qualquer outro esporte no mundo", criticou o astro do esporte.

Então, estou um pouco cansado de pensarem que estamos contra as garotas. Não estamos. Outra coisa é quem vende mais, quem vende menos, isso é outro debate, mas não é sobre homens ou mulheres, é sobre pessoas e isso é tudo. Somos os mesmos, alguns merecem mais e outros merecem menos", continuou Nadal.

"Se eu estou na mesma empresa que outro homem e estou indo melhor no meu trabalho, mereço ganhar mais que o outro. Não importa se é uma garota ou um homem e eu estou um pouco cansado desse debate o tempo todo", finalizou o tenista espanhol.

No tênis, os grand slams e outros torneios tradicionais pagam premiações iguais a homens e mulheres, mas a diferença permanece em competições menores.

MAIS SOBRE:

tênisRafael NadalVictoria Azarenka
Comentários