Tenista Andy Murray recebe título de cavaleiro da Grã-Bretanha

Anúncio de que escocês receberia a honra foi feito em 2016, mas apenas agora ele pôde ir ao Palácio de Buckingham

Relacionadas

A partir de agora, o nome de Andy Murray virá precedido do título de 'Sir'. O escocês recebeu o título de cavaleiro da Grã-Bretanha nesta quinta-feira do Príncipe Charles, herdeiro do trono britânico, mais de dois anos após o anúncio de que ele seria condecorado como tal.

"Eu estou muito orgulhoso de receber (o título). Foi um dia legal de passar com minha família; minha esposa e meus parentes estão aqui. Eu gostaria de ter trazido minhas crianças, mas acredito que eles ainda são muito novos. Eu vou mostrar a eles a medalha quando chegar em casa", falou Murray em um comunicado oficial. Murray tem dois filhos, uma menina de três anos e um menino de um ano e meio.

O anúncio de que Murray seria declarado cavaleiro aconteceu na lista de honras de ano novo da Rainha Elizabeth em dezembro de 2016. A escolha de quando receber o título pertence ao novo 'cavaleiro', e Murray conseguiu achar uma folga em sua agenda apenas agora.

O tenista de 32 anos tem três títulos de Grand Slam: Wimbledon em 2013 e 2016 e o US Open em 2012. Nos últimos anos, problemas no quadril o impediram de atuar em alto nível e muitas vezes o tiraram de torneio. Essa lesão deve encerrar a carreira do tenista, que anunciou que irá parar após a edição deste ano de Wimbledon.

A família de Murray demonstrou orgulho nas redes sociais. Jamie, irmão de Andy que também é tenista, postou uma foto do momento, enquanto Judy, mãe, mostrou uma montagem dele como o Rei Arthur, só que em vez de uma espada, tirando uma raquete da pedra.

MAIS SOBRE:

tênisAndy MurrayReino Unido [Europa]Príncipe Charles
Comentários