Alonso rejeita possibilidade de correr na Fórmula E: 'Quero algo que dê prestígio'

Principal objetivo do espanhol em 2019 é vencer as 500 milhas de Indianapolis

Relacionadas

Aposentado da Fórmula 1, o piloto espanhol Fernando Alonso tem participado de provas tradicionais em diversas categorias do automobilismo, como as 500 milhas de Indianápolis, as 500 milhas de Daytona e as 24 horas de Le Mans. Há, porém, uma categoria que o espanhol rejeita se juntar por algum tempo: a Fórmula E.

"Não, pelo momento. Avaliarei as possibilidades que tiver no verão para 2020. Minha prioridade são as carreiras que tenho adiante agora e já pensarei no futuro. Quero me divertir e ir a eventos que seja, suficientemente prestigiosos para serem interessantes. Há muitas carreiras e categorias. Há algumas que não são interessantes e que as pessoas não ouviram falar nunca. Tem de combinar o que pode te divertir com o que pode te dar prestígio na carreira", afirmou Alonso ao jornal Marca, após ser questionado sobre a categoria com carros elétricos.

Ainda assim, Alonso diz que acompanha a Fórmula E. "Embora não seja fácil de vê-la, porque quase não se encontram notícias, pretendo seguir as corridas sempre que posso, porque tenho ex-companheiros como Massa e Vandoorne e a verdade é que me divirto", explicou o piloto.

Alonso foi claro sobre o principal objetivo: a Indy 500. Entretanto, ele admitiu que terá de se preparar muito bem, já que está em uma equipe nova. Segundo o espanhol, na Indy 500 é necessário ter muitos fatores e também sorte para ser vencedor. Alonso disputou as 500 milhas de Indianápolis em 2017, quando abandou a 21 voltas do fim.

MAIS SOBRE:

automobilismoFernando AlonsoFórmula E
Comentários