Cadê o camuflado? Internautas estão intrigados com novo carro da Mercedes

Nas redes sociais, equipe divulgou imagens que sugeriam a mudança do visual

Relacionadas

Um fato está intrigando os internautas nesta quarta-feira: a divulgação do novo carro da Mercedes para a temporada 2019 da Fórmula 1. A questão é que antes do anúncio do novo design, a equipe fez parecer em suas redes sociais que a aparência do novo modelo W10 seria completamente diferente da última temporada.

O carro que pode levar a Mercedes ao hexacampeonato é na sua maior parte prata, assim como a versão anterior em que o piloto Lewis Hamilton venceu a temporada de 2018. No entanto, no Twitter da montadora, imagens sobre o novo veículo fez com que os internautas começassem a questionar onde estão os detalhes antes divulgados.

"Prata é tão a temporada passada", afirmava um dos tuítes em que uma parte do carro com fundo preto e uma espécie de camuflado azul e verde. Outra imagem, também na cor preta e com detalhes de linhas nas mesmas cores tem deixado os fãs de automobilismo intrigados: "cadê o camuflado?", questiona uma publicação.

Com os registros antes lançados, teve veículos da imprensa que chegaram a afirmar que a Mercedes abandonaria a cor prateada nas corridas de 2019, em que tenta se igualar à Ferrari, vencedora seis anos consecutivos. Mas o prata só mudou de tonalidade, para uma mais fosca, além da resença da cor verde-água, característica da sua patrocinadora principal, a petrolífera Petronas.

O carro camuflado não veio e as fotos do novo modelo estão aí. Há quem diga que eles anunciaram o carro errado. "Têm certeza que postaram a imagem certa?", questiona um dos perfis no anúncio que divulga o "novo look". 

A temporada da Fórmula 1 começa com o GP da Austrália no dia 17 de março. Serão disputadas 21 etapas, com destaque para o GP da China, em 14 de abril, em Xangai, o 1000.º da categoria mais importante do automobilismo. A corrida do Brasil, no autódromo de Interlagos, em São Paulo, está prevista para 17 de novembro.

 

MAIS SOBRE:

Fórmula 1Mercedes-BenzLewis Hamiltonautomobilismo
Comentários