Curada de coronavírus, idosa de 102 anos quer conhecer Valentino Rossi

Italiana pede aos familiares para encontrar o compatriota heptacampeão mundial de MotoGP

Relacionadas

Símbolo da luta contra a pandemia do novo coronavírus, a italiana Italica Grondona, de 102 anos, se curou da doença e fez um pedido especial aos parentes para poder comemorar a recuperação. Segundo a CNN Itália, ela é fã de motociclismo e sonha em conhecer o heptacampeão mundial de MotoGP, o também italiano Valentino Rossi.

Conhecida na Itália como "A Imortal", Italica quer realizar esse plano o quanto antes. "Ela sonha em conhecê-lo", disse o sobrinho dela, Renato Villa. "O seu único filho morreu nos Estados Unidos há umas décadas, mas ela continua a amar a vida, a dança e a música. Adora (o cantor) Freddie Mercury e também Valentino Rossi", completou.

Italica ficou internada em um hospital em Gênova, onde ganhou dos médicos o apelido carinhoso de Vô Lica. A recuperação dela virou notícia no mundo e foi celebrada como um sinal da esperança na Itália, um dos países mais atingidos pela pandemia.

MAIS SOBRE:

Valentino Rossicoronavíruscoronavírus [solidariedade e ações sociais]Itália [Europa]MotoGP [motovelocidade]
Comentários