Deu ruim! O momento da celebração de Hamilton que não saiu como o planejado

Queda aconteceu quando o piloto abraçava os membros de sua equipe

Relacionadas

Lewis Hamilton mostrou que não ficou acomodado ao vencer seu quinto Mundial de Fórmula 1 de maneira antecipada. Neste GP do Brasil, o britânico fez valer a pole position ao chegar na primeira colocação da prova. Ao sair do carro, o piloto deu um beijo em seu Mercedes e saiu para abraçar os membros de sua equipe.

O que ninguém esperava era que a celebração daria errado, e que todos fossem para o chão. Com o peso do piloto e a empolgação dos funcionários da Mercedes, a grade que estava entre eles cedeu e algumas pessoas chegaram a cair. A felicidade era tanta que ninguém ligou, todos levantaram rindo e continuaram o momento de êxtase, inclusive Lewis. 

"Esses caras trabalharam tanto nos últimos seis anos, tem sido uma jornada incrível para chegarmos até aqui. É para isso que trabalhamos todos os dias. É uma honra dirigir por vocês", escreveu Hamilton em vídeo postado em seu Instagram.

"Quero agradecê-los por me inspirar o tempo todo e estou tão empolgado com o nosso futuro", celebrou na legenda da publicação que também dá para observar o momento da queda coletiva da Mercedes. 

Além do 1º lugar de Hamilton, a Mercedes também comemora a conquista do pentacampeonato do Mundial de Construtores. A Ferrari, por sua vez, chega ao décimo ano consecutivo sem vencer. A última vez foi em 2008, quando Felipe Massa e Kimi Raikkonen competiam pela escuderia italiana. 

 

MAIS SOBRE:

VelocidadeGP Brasil [Fórmula 1]Fórmula 1Lewis Hamiltonautomobilismo
Comentários