Família dona da Ferrari doa R$ 55 milhões para combate ao coronavírus

Equipe italiana repassa dinheiro ao governo para compra de equipamentos e auxílio aos infectados

Relacionadas

A família dona da Ferrari anunciou nesta terça-feira a doação de 10 milhões de euros (cerca de R$ 55 milhões) para o combate ao novo coronavírus. Os recursos serão destinados ao governo italiano para ser investido em equipamentos médicos e no auxílio aos infectados pela pandemia. A Itália é o país europeu mais afetado pelo vírus e registra mais de 2,5 mil mortes e 31 mil casos.

"A família Agnelli doou 10 milhões de euros em suporte à crise do Covid-19. A Ferrari, junta a outras companhias do Grupo Exor, fornece equipamentos médicos urgentemente necessários. A Ferrari, a Exor e a família Agnelli estão unidas contra o coronavírus", escreveu a conta oficial da escuderia italiana.  

A Ferrari fechou a fábrica de carros existente em Maranello nos últimos dias para evitar a propagação do novo coronavírus. Na Fórmula 1, a equipe aguarda definições sobre como será o calendário deste ano. As quatro primeiras etapas da temporada foram afetadas pela pandemia. A tendência é a corrida de estreia ser somente em maio.

MAIS SOBRE:

automobilismoFerraricoronavírusFórmula 1
Comentários