Hamilton lamenta morte de fã de cinco anos que o havia inspirado

Tetracampeão já havia enviado presentes a Harry Shaw, que tinha sarcoma de Ewing

Relacionadas

Lewis Hamilton lamentou a morte de Harry Shaw, um fã de apenas cinco anos, que lutava contra o sarcoma de Ewing, um tipo de câncer. Em maio, o garoto havia mandado uma mensagem ao piloto da Fórmula 1 antes do GP de Barcelona, e, após a vitória, o inglês a dedicou ao pequeno.

"Harry, obrigado por ser uma luz tão positiva para todos nós. Você é tão corajoso e o mundo vai sentir sua falta. Obrigado, amigo e inspiração. Deus te abençoe e descanse em paz, companheiro", escreveu o pentacampeão mundial na legenda da foto.

Hamilton já havia mandado presentes para Harry Shaw antes mesmo do GP de Barcelona, como um urso de pelúcia, um boné e um cartão autografado. O garoto agradeceu em um vídeo que o próprio piloto postou nas redes sociais.

Depois da vitória no GP da Espanha, a Mercedes levou o troféu conquistado por Hamilton e o carro dirigido por ele até a casa de Shaw. No entanto, apesar de toda a luta, o garoto faleceu um mês e seis dias após descobrir a doença.

MAIS SOBRE:

Fórmula 1Lewis Hamilton
Comentários