Mick Schumacher pilota Ferrari clássica do pai antes do 1000º GP da Ferrari

Para o jovem de 21 anos, foi a realização de um sonho; outros pilotos acompanham e aplaudem

Relacionadas

Mick Schumacher, filho do heptacampeão da Fórmula 1 Michael Schumacher, teve a oportunidade de dirigir um dos carros históricos da carreira do pai. Neste domingo, durante a celebração pelo milésimo GP da Ferrari na principal categoria do automobilismo, o jovem piloto guiou a Ferrari F2004, na qual o progenitor dele conquistou seu último título.

"Pilotar este carro sempre foi um sonho para mim. Eu pilotei o carro em Hockenheim no ano passado, mas pilotá-lo em Mugello em condições sem chuva foi uma honra absoluta. Obrigado à Ferrari por esta oportunidade", comentou Mick.

Outros pilotos acompanharam de perto a exibição de Mick com o carro do pai. Charles Leclerc, atual piloto da Ferrari, se impressionou com o barulho do motor de dez cilindros do carro e postou nas redes sociais. O brasileiro Pietro Fittipaldi, reserva da Haas, postou vídeo da F2004 rasgando a reta de Mugello.

Já Vettel, o outro piloto da Ferrari (que irá sair da equipe ao final desta temporada), afirmou que tentou comprar uma Ferrari F2004 de colecionadores, mas acabou desistindo por conta do alto preço. Grande fã de Schumacher, Vettel recentemente adquiriu uma Williams FW14 usada por Nigel Mansell.

O final de semana ainda foi positivo para Mick Schumacher por outra razão: ele aumentou a vantagem na liderança do campeonato de Fórmula 2. Quarto lugar na etapa da Toscana da categoria, o jovem alemão lidera o torneio com 161 pontos, oito a mais que o britânico Callum Ilott, segundo colocado.

MAIS SOBRE:

Fórmula 1automobilismoFerrariMichael SchumacherMick Schumacher
Comentários