Pietro Fittipaldi deixa UTI após cirurgia nas pernas e recebe apoio de pilotos

Comunidade do automobilismo prestou homenagens para o piloto após acidente

Relacionadas

O brasileiro Pietro Fittipaldi deixou neste sábado a UTI após passar por cirurgia na cidade de Liège, na Bélgica, para corrigir a fratura que sofreu nas duas pernas. De acordo com comunicado emitido pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), o piloto "passa bem e sua condição é estável".

+ Neto de Fittipaldi tem suspeita de fratura em ambas pernas após batida

+ Após acidente, Enzo Fittipaldi pede aos fãs: 'Orem pelo meu irmão'

+ Bia Figueiredo volta para Londrina em quarta etapa da Stock Car

"Ele permanece sob observação no Centro Hospitalar da Citadela de Liège. A perna esquerda, que sofreu uma fratura exposta, foi operada satisfatoriamente. Pietro estava completamente consciente ao sair da Sala de Cirurgia e apto a descrever o que havia acontecido com ele. Às 10h30 de hoje (sábado) ele deixou a terapia intensiva", prosseguiu.

Após o acidente, a comunidade do automobilismo prestou homenagens para o piloto, que recebeu diversas mensagens dos companheiros. Entre elas, o brasileiro Felipe Massa usou o seu perfil nas redes sociais para dizer que está rezando por Pietro. "Estamos aqui rezando por você, maninho. Deus vai te iluminar e já já estará 100% guiando para o Brasil!! - escreveu Felipe Massa, brasileiro que deixou a Fórmula 1 no fim da temporada passada", escreveu.

Veja homenagens:

ACIDENTE

Fittipaldi sofreu grave acidente na sexta-feira durante o treino das Seis Horas de Spa-Francorchamps, no tradicional circuito localizado na Bélgica. Em ascensão no automobilismo mundial, o neto de Emerson faria sua estreia no Mundial de Endurance (WEC) neste fim de semana.

O pai de Pietro, Gugu Cruz, passou a noite no hospital com o filho. No acidente, Pietro perdeu o controle do carro na curva Eau Rouge, uma das mais famosas da F-1, e acertou a proteção de pneus em velocidade que beirava os 300 km/h.

O piloto deixou o carro consciente e passou por cirurgia na sexta-feira. Uma das apostas do Brasil para voltar à Fórmula 1, o neto de Emerson Fittipaldi vive grande fase no automobilismo mundial. Atual campeão da Fórmula V8, ele decidiu participar de três categorias neste ano. Além do Mundial de Endurance (WEC), ele disputa a Fórmula Indy e a Super Fórmula japonesa.U

MAIS SOBRE:

VelocidadePietro Fittipaldi
Comentários