Reginaldo Leme relembra 1º teste de Senna na F-1: 'Sabia que era um futuro campeão'

Jornalista conta os bastidores do dia em que conheceu o piloto em 1982

Relacionadas

O Senna TV, canal oficial no Youtube do tricampeão mundial de Fórmula 1, apresenta nesta semana o primeiro episódio de uma série especial com o jornalista Reginaldo Leme com histórias das mais diversas épocas da carreira do piloto. No primeiro programa, que está disponível a partir desta quinta-feira, Leme relembrou os passos do piloto brasileiro na Fórmula Ford, Fórmula 3 Inglesa e também os bastidores do primeiro teste de Senna a bordo de um Fórmula 1.

"Fui fazer a passagem (momento em que o repórter aparece em vídeo na matéria) e fui entrevistar o Ayrton dentro do carro. Aí ele começa a chorar. A emoção, no entanto, não tirava a concentração dele: ele sempre foi muito emotivo e foi quando falou aquela famosa frase", contou Reginaldo Leme, citando as aspas de Senna: "Deus está me dando um presente, um sonho que eu vinha esperando há muito tempo e que está sendo realizado hoje".

Único jornalista presente neste dia, inclusive viajando de carona com Ayrton Senna para Donington Park, Reginaldo não tinha dúvidas: "sabia que estava registrando um dia que entraria para a história", diz Leme na entrevista ao apresentador Rodrigo França, do Senna TV. "Quando conheci o Ayrton, realmente tive a sensação de que estava de frente com um futuro campeão. Isso até me arrepia. E ele mesmo jamais teve dúvida de que ele seria um dos maiores da F-1", completa.

De fato, o primeiro teste de Senna foi um verdadeiro cartão de visitas do jovem piloto ao mundo da F-1: o brasileiro estabeleceu o novo recorde da pista e superou o tempo inclusive dos titulares do modelo FW08C da Williams, usado na temporada de 1983.

Outra história curiosa relembrada por Reginaldo Leme foi a de como se conheceram: no saguão de um hotel na Alemanha, na véspera de uma das s vitórias de Senna na Fórmula Ford 2000.

"Eu conheci o Ayrton em uma corrida na Alemanha, em Hockenheim 1982, quando ele corria na Fórmula Ford. No dia anterior da corrida, ele foi ao meu hotel, bateu na porta do quarto e eu ainda não estava. Ele desceu na recepção e ficou me esperando chegar da pista. Eu cheguei, ele se apresentou e nós ficamos conversando um pouco lá. No dia seguinte, ele venceu a corrida e era uma das preliminares da F-1. Coincidentemente, o Emerson Fittipaldi estava visitando a F-1 naquele final de semana e foi ele quem entregou o prêmio ao Ayrton no pódio", conta o comentarista da TV Globo.

MAIS SOBRE:

AutomobilismoYoutubeReginaldo LemeDeusAyrton SennaReginaldoWilliamsAlemanhaEmerson FittipaldiVelocidadefórmula 1Automobilismo
Comentários