Após doações, corpo de jogador de vôlei será enterrado no Brasil

Vinicius Noronha foi encontrado morto em casa, na Espanha, na manhã desta segunda-feira

Relacionadas

O Voleibol Teruel, clube espanhol no qual o brasileiro Vinicius Noronha atuava, iniciou uma campanha de arrecadação de fundos para enviar ao Brasil o corpo do jogador, encontrado morto em sua casa na manhã desta segunda-feira. Além do time, a família do atleta também tentou arrecadar doações com pedidos realizados nas redes sociais.

Após as campanhas, os envolvidos conseguiram a doação de € 10 mil (cerca de R$ 49 mil na cotação atual), o necessário para as despesas que incluem o transporte aéreo do caixão, a preparação do corpo para a viagem, além de levar os objetos pessoais do jogador de volta ao Brasil.

Pelas redes sociais, Natália Noronha, irmã do jogador, agradeceu. "Nós, familiares e amigos do Vinicius Noronha, não temos palavras para agradecer a todas as mensagens de conforto, compartilhamentos nas redes sociais e doações realizadas. Viemos dizer que graças a todos, conseguimos arrecadar o necessário para cobrir o translado do Vini até sua casa, para que possamos nos despedir da forma que ele merece. A todos, o nosso muito obrigado", escreveu em sua conta no Instagram.

A autópsia do corpo de Vinicius, que deve determinar a causa da morte, estava programada para esta terça-feira, mas ainda não foi confirmada a realização dos exames. Também não há previsão para a chegada do corpo ao Brasil.

 

MAIS SOBRE:

VôleiBrasil [América do Sul]Instagram
Comentários