E-Sports podem ser considerados atividade esportiva, decide COI

Em reunião com autoridades olímpicas na Suíça, comitê deixou as portas abertas para modalidades fazerem parte das Olimpíadas futuras

Os esportes eletrônicos competitivos podem fazer parte da experiência olímpica, desde que adotem valores olímpicos, informou o Comitê Olímpico Internacional (COI) neste sábado. As informações são da agência de notícias Reuters.

​+ 'Comecei apostando com meu pai', diz campeão de Fifa nos JUBs 2017

+ São Paulo lidera quadro de medalhas dos Jogos Universitários Brasileiros

O mundo em rápido crescimento dos esportes eletrônicos e sua popularidade entre os jovens despertatam o interesse do COI, para tornar os Jogos Olímpicos relevantes para uma nova geração, no futuro.

"A direção do COI concordou que os eSports estão mostrando um forte crescimento, especialmente dentro da população demográfica em diferentes países, e podem fornecer uma plataforma para o envolvimento com o Movimento Olímpico", informou o COI em um comunicado após o encontro com as autoridades olímpicas - federações internacionais, comitês olímpicos nacionais e representantes de atletas - em Lausanne, Suíça.

"E-Sports podem ser considerados como uma atividade esportiva, e os jogadores envolvidos preparam e treinam com uma intensidade que pode ser comparável aos atletas aos esportes tradicionais", afirmou o COI, que deixou em aberto a possibilidade da inclusão dos games nas Olimpíadas futuras.

Os esportes eletrônicos serão parte do evento (e valerão medalhas) nos Jogos Asiáticos de 2022.

MAIS SOBRE:

games COI [Comitê Olímpico Internacional] eSports Jogos Asiáticos
Comentários