Croácia convida todo o time de 1998 para assistir à final contra a França

Convite partiu da da Federação de Futebol da Croácia e foi anunciado pelo Twitter

A torcida da Croácia terá um importante reforço na final da Copa do Mundo da Rússia. A convite da Federação de Futebol da Croácia (HNS), todos os jogadores que participaram da campanha histórica de 1998 poderão assistir o duelo pela taça de campeão, contra a França, no próximo domingo.

+ Viram isso? Ingleses tentaram fazer gol durante a comemoração croata​

+ Atacante da Croácia não jogará a final por ter se negado entrar em campo​

+ Luís Roberto chama jogador inglês de 'stripper' e internet não perdoa

"A grande geração de 1998, que fez a Croácia ser festejada por todo mundo, terá a chance de, ao lado de milhares de torcedores, testemunharem o novo maior sucesso do futebol de nosso país", escreveu a HNS.

Principal nome croata da Copa de 1998, Davor Suker é o atual presidente da HNS. O ex-atacante do Real Madrid foi o artilheiro do mundial na França, com seis gols, na campanha que terminou com o terceiro lugar após a vitória por 2 a 1 em cima da Holanda.

Naquele ano, também no dia 11 de julho, o sonho da Croácia foi interrompido em uma partida contra os donos da casa. Suker até marcou no duelo com os franceses na semifinal da competição, mas não impediu a derrota por 2 a 1. 

"Claro que lembramos de 98", disse o atacante Ivan Perisic na quarta-feira da semana passada ao ser questionado sobre a melhor campanha da história da Croácia. "Éramos crianças, sonhamos em defender a nossa seleção nesta competição. E espero que possamos passar das quartas de final. Não teremos medo nos últimos minutos".

E não tiveram: aos dois minutos do segundo tempo da prorrogação a seleção croata virou o jogo Inglaterra e decretou a vitória por 2 a 1, com gol do atacante Mandzukic, que tocou na saída de Pickford em um lance que parecia perdido, após o cruzamento de Pivaric e o corte da defesa adversária. 

MAIS SOBRE:

Futebol seleção croata masculina de futebol Copa do Mundo Rússia 2018 [futebol] futebol
Comentários