Jogadores de time italiano são agredidos por torcedores na porta de casa

Grupo de dez pessoas foi até a casa de jogadores do Ascoli Picchio, laterna da segunda divisão italiana

Relacionadas

Dois jogadores do Ascoli, lanterna da segunda divisão do futebol italiano, foram agredidos por um grupo de 10 pessoas nas portas de suas casas após mais uma derrota da equipe, a 16ª em 30 jogos na Série B.

+ Seleção da Alemanha relembra 7 a 1 e provoca Brasil nas redes

+ Inusitado: Sérgio Ramos 'some' do jogo para ir ao banheiro

+ Seis em cada dez torcedores do Barça rejeitam a volta de Neymar, diz jornal

Quando chegava em casa, no centro histórico de Ascoli Piceno, na região central do país, o meio-campista Samuele Parlati quase levou um soco no rosto, mas conseguiu se esquivar e foi ao chão com o agressor. 

O goleiro Vincenzo Venditti estava junto com Parlati e correu para ajudá-lo, mas apanhou de outro torcedor. O grupo ainda fez ameaças contra os dois jogadores e o restante da equipe.

Todos os agressores estavam com os rostos cobertos por cachecóis do Ascoli. Venditti ainda não fez nenhuma partida na atual temporada, enquanto Parlati disputou apenas um jogo. A equipe vem de derrota fora de casa para o Venezia por 1 a 0 e ocupa a 22ª e última posição na Série B, com 26 pontos. 

MAIS SOBRE:

futebol Campeonato Italiano de Futebol
Comentários