De volta ao Boca, Tevez revela que passou sete meses de férias na China

Jogador fala sobre passagem negativa pelo futebol chinês e revela aposentadoria em dois anos

Relacionadas

De volta ao Boca Juniors pela terceira vez, Carlitos Tevez revelou que sua passagem pelo futebol chinês foi negativa, afirma que recebeu críticas justas e prevê apenas mais dois anos de carreira.

+ Após gafe, Barcelona corrige escudo do Palmeiras em montagem; veja

+ Torcida faz a festa nas redes após contratação de Scarpa pelo Palmeiras

+ Retorno de Emerson Sheik divide torcida do Corinthians; veja

Vestindo a camisa do Shanghai Shenhua, Tevez não rendeu o esperado. O atacante chegou ao elenco com o maior salario do futebol mundial em 2016. Números que não animaram o jogador a continuar defendendo o clube. "Quando aterrissei na China, me dei conta de que queria voltar ao Boca. Fiquei sete meses de férias. Por isso, quando acertei o contrato com a China coloquei a clásula sobre o Boca. Fui sabendo que iria voltar", conta em entrevsita ao canal TyC Sports.

Tevez também admitiu que pensou em deixar o futebol, mas com o apoio dos fãs resolveu encerrar a carreira no seu clube de coração. "Pensei em deixar o futebol. Lutar para estar 100% consome muito. Eu fiz minha estreia aos 17 anos e tenho 33. Me preparo para ganhar. Não é mágica. Tento ganhar tudo o que eu disputo. Isso leva a um desgaste mental e físico (...) Pensei em parar, mas as pessoas estimulam no dia a dia e animam você a sair. Dizem: "Temos que ganhar do River, temos que ser campeões", explica.

O atacante também afirma jogará apenas duas temporadas. "Vim para o Boca para desfrutar o pouco que me resta de futebol. Os dois anos que me restam no Boca e já basta. Não preciso de mais nada na minha carreira", finaliza.

MAIS SOBRE:

futebol Boca Juniors Tevez
Comentários