Boxeador acusado de assassinar seu pai é pego vendo TV na cama de vizinho

'Ele disse que teve uma briga com o pai e acabou pressionando sua garganta', disse a juíza

Relacionadas

O boxeador profissional George Luis Sosa, conhecido na Espanha como "Makelele" e nos Estados Unidos como "O Terrível Sosa", foi detido em Miami sob a acusação de ter assassinado seu próprio pai. 

Rafael dos Anjos revela que já tentou ser jogador de futebol

Harden dá drible desconcertante e deixa adversário sentado no chão

Zagueiro do PSG se irrita com excesso de perguntas sobre Neymar

Aos 32 anos de idade o norte-americano teria matado seu pai com três golpes no pescoço em seu apartamento, no sábado passado. De acordo com a mídia local, depois de o estrangular, o atleta teria entrado na casa de um vizinho e deitado em sua cama para assistir televisão. O proprietário da residência o encontrou assim e chamou a polícia.

"Ele disse que teve uma briga com o pai e acabou pressionando sua garganta. Eu acho que ele o estrangulou", disse a juíza Mindy Glazer durante a primeira audiência. Uma testemunha teria ainda ouvido a vítima de 71 anos de idade gritar "ajude-me", em espanhol.

O lutador, que viveu em um tempo na cidade de Vigo, já foi extraditado da Espanha, onde cumpriu três anos de prisão depois de matar duas pessoas em um acidente de trânsito. Caso seja considerado culpado o boxeador vai enfrentar uma prisão perpétua, sem direito ao pagamento de fiança. 

MAIS SOBRE:

boxe Miami [Estados Unidos] Boxe Preso
Comentários